Raízes de árvores quebram calçadas. Escolhas inadequadas prejudicam a acessibilidade.

Man climbs CN Tower steps in wheelchair

Escrito por Ricardo Shimosakai

13 de outubro de 2021

Raízes de árvores quebram calçadas. Árvores são um ótimo recurso decorativo para centros urbanos, além de manter o ar mais puro, criar sombras e atrair pássaros para dar leveza aos lugares com seus cantos. Existem milhares tipos de árvores, com diferentes características, que variam no tamanho de suas folhas, volume da copa, altura, diâmetro do tronco, se crescem retas ou tortas, enfim, inúmeras variações.

É preciso tomar cuidado na hora de escolher árvores que serão plantadas na área urbana, pois elas não terão toda a liberdade de crescer como seria em um ambiente totalmente natural. Árvores altas, acabam atingindo a fiação dos postes, e pode acabar arrebentando os fios, por isso é preciso sempre estar atento a podas. Em algumas árvores, o crescimento das raízes é bem discreto, por terem uma raiz pequena e que cresce para baixo, mas há aquelas em que as raízes são grandes e chegam a se expandir na altura da superfície do solo.

Estas últimas citadas, causam grandes problemas, pois se estão plantadas nas calçadas, cedo ou tarde vão levantar o piso, chegando a quebrá-lo e em muitos casos, irão criar um obstáculo, pois a raiz acaba saltando para fora, como se fosse uma lombada. Geralmente isso é consequência da falha do projeto, que escolheu árvores inadequadas para o plantio em locais urbanos.

No passado, não se pensava nessa questão, então as árvores eram escolhidas pela sua beleza. Mas agora, para reparar esse problema, também ficou complicado, pois as árvores são consideradas patrimônio público, então ninguém além da prefeitura pode fazer qualquer tipo de intervenção. Além disso, em várias cidades, árvores antigas são um patrimônio tombado, então não podem ser retiradas, mesmo que ela esteja criando um transtorno, como é por exemplo, algumas delas que avançam para a pista de carros, em ruas e avenidas de São Paulo, causando até uma situação perigo para o trânsito.

Dependendo do local onde esse tipo de ocorrência acontece, e o nível de alteração criado na calçada, pode não haver outra alternativa, a não ser seguir pela rua, o que pode ser muito perigoso se o fluxo de carro for muito grande. A calçada mostrada no vídeo abaixo, era ótima, plana e lisa, inclusive com piso tátil, e depois de sofrer as alterações pela força da raiz da árvore, fizeram reparos básicos, passando cimento para aliviar o desnível causado. Mas isso deixou sequelas, pois a inclinação que a calçada ganhou, não foi arrumada. Como é um local perto de minha casa, onde passo com certa frequência, consigo observar e ter uma certa previsão que esse problema deve aumentar ainda mais com o passar do tempo.

Pode não parecer um desnível muito grande, mas ele é suficiente para travar a passagem de uma cadeira de rodas e andadores, e criar um perigoso degrau para pessoas que usam muletas e bengalas, sem contar nos idosos que costumam arrastar os pés quando andam.

Não seria o caso de mudar as políticas públicas e permitir que essas árvores possam ser substituídas, para que não causem problemas ao cidadão e aos cofres públicos? E também, que haja um trabalho de educação, para todas as pessoas, em conhecer as melhores plantas a serem plantadas na cidade, e uma fiscalização mais rigorosa para os projetos urbanos, avaliando e autorizando os tipos de árvores a serem plantadas, e a forma como serão plantadas.

Compartilhe acessibilidade

Ajude outras pessoas a se manterem atualizadas com nosso conteúdo voltado para a acessibilidade

Você pode gostar……

Seus comentários são bem-vindos!

0 comentários

Enviar um comentário

" });